Reflexão sobre as reformas

O problema de toda reforma é única: você começa, mas não sabe quando termina e quanto vai gastar.
Caso compre material bom, faltará dinheiro pra alguém, ou para pagar o pedreiro ou para você. Daí, corre-se o risco da obra ficar inacabada e nunca ser concluída.
Resolve-se então cortar gastos dentro de casa, mas todo mundo já convive no aperto.
A confusão é instaurada: sua esposa, acostumada a usar creme importado, passa a usar Avon (que é importado, mas ninguém quer usa-lo), teu filho calça tenis Nike, vai andar de marca própria de lojinha de departamentos e, a mãe, coitada, vai ganhar nada. Quem vai reclamar menos?
É, para completar, você perde o emprego.
E agora José, SAI DESSE PEPINO ?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s